Ellen Page

Ellen Page em Hollywood: "Agora sou gay, não posso interpretar uma pessoa heterossexual?"


"Ainda existe esse padrão duplo" ... Ellen Page. Fotografia: Buckner / Variety / Rex / Shutterstock

Ellen Page acusou Hollywood de padrões duplos sobre homossexualidade, argumentando que ela poderia ser capaz de desempenhar papéis de qualquer sexualidade apesar de ter saído recentemente como gay.


Ellen Page 

A estrela indicada pelos Oscars de Juno e Hard Candy disse que lhe perguntaram se ela temia ficar embutida depois de se inscrever para uma série de papéis temáticos homossexuais nos últimos dois anos. No entanto, ela também admitiu que Hollywood estava lentamente melhorando suas atitudes em relação à diversidade.

Ellen Page for Malibu 2016

"Zachary Quinto [da fama da Star Trek] está fora, e ele está em uma das maiores franquias de blockbuster", disse a actris canadiana de 28 anos à revista Elle. "Eu tenho quatro projectos próximos - todos os papéis gays. As pessoas perguntam se eu estou preocupado em obter embutidos. Ninguém pergunta: 'Ellen, você fez sete papéis directos seguidos - você não deveria agitar e fazer algo estranho?'


"Ainda existe esse duplo padrão. Eu olho para todas as coisas que fiz nos filmes: droguei um cara, torturou alguém, me tornei uma estrela de derretimento durante a noite. Mas agora sou gay, não posso interpretar uma pessoa heterossexual? "

Page disse que sua batalha de seis anos para trazer o drama dos direitos dos homossexuais Freeheld para o grande ecrã informou sua decisão de sair em fevereiro de 2014.


"Foi parte disso", disse ela. "O que sopra a minha mente é como minha jornada pessoal era paralela ao desenvolvimento desse filme. Sentia-se extremamente inapropriado em interpretar esse personagem como uma pessoa fechada. Entretanto, sair foi um longo processo ".



A Freeheld estreou no circuito do festival no ano passado, mas está recebendo uma versão do Reino Unido em 19 de fevereiro. Uma vez apontado como candidato aos Oscars, o filme de Peter Sollett sofreu com críticas médias, com o Nigel M Smith , do Guardian, chamando o filme "chocantemente trivial" no festival de cinema de Toronto em setembro passado. O drama da vida real se concentra em um detetive moribundo de Nova Jersey (Julianne Moore) que atinge um obstáculo administrativo depois que ela tenta providenciar para que seus direitos de pensão passem para seu parceiro doméstico, que é uma mulher (Página).


Os comentários da página ocorrem depois que Ian McKellen disse na segunda-feira que a homofobia era um problema em Hollywood como o racismo . McKellen expressou sua simpatia por atores negros irritados com o fracasso da Academia em nomear um único ator de um fundo de minoria negra ou étnica para um Oscar por segundo ano consecutivo, mas ele disse que a questão era mais ampla.


"Nenhum homem abertamente gay já ganhou o Oscar; Pergunto-me se isso é preconceito ou chance ", afirmou o candidato de dois anos, de 76 anos. "Meu discurso foi em dois casacos ..." Estou orgulhoso de ser o primeiro homem abertamente gay a ganhar o Oscar ". Eu tive que colocá-lo de volta no meu bolso duas vezes. "


Ellen Page: cinco melhores momentos

Ellen Page interpreta uma mulher cuja liberdade é restrita pela lei no drama Freeheld. Fotografia: Allstar / Lionsgate

Antes de sua estréia mundial no festival de cinema de Toronto do ano passado, houve um buzz de premiação circulando em torno do drama Freeheld , e por razões compreensíveis.


Estrelando Julianne Moore , fresca de sua vitória no Oscar para Still Alice e Ellen Page em seu primeiro papel gay como actriz , concentrou-se na luta por um casal para receber os mesmos benefícios que um casal heterossexual. Desapontantemente, era uma bagunça, uma bagunça séria, mas devagar.

Ellen Page and Liv Tyler at the 35th Annual Toronto International Film Festival - ’Super’ Premiere


Mas, enquanto o Freeheld definitivamente não é um para assistir esta semana, o catálogo da parte da página contém uma série de performances que merecem um rebobinamento.

Boca a boca

Ellen Page - Mouth To Mouth Part 1/2

Depois de uma série de papéis em filmes familiares, como I Downloaded a Ghost e Ghost Cat , Page deixou sua obsessão com a vida após a morte e impressionou com uma performance de liderança em bruto neste drama sujo . Ela estrela como um adolescente americano a caminho da Europa que se apega a um grupo culto de jovens anti-autoridade. O filme em si é irregular, mas a página tem poder de estrela inegável.

Doce duro

Hard Candy - Scene

O diretor da primeira vez, David Slade, deu seu papel de líder como um agressor ameaçador que tortura o pedófilo cansativo de Patrick Wilson neste thriller impressionante e desagradável . Ela é um anti-heróis convincente, cuja caça à vingança se torna cada vez mais depravada e ela sem esforço virou entre garota jovem perdida e torturadora sádica por toda parte.

Um crime americano


The most terrifying scene in "An American Crime"

Em 2007, foram lançados dois filmes sobre a história real chocante de Sylvia Likens, uma menina que foi levada e torturada até a morte por uma mulher local. É um filme infeliz de um poder considerável, com excelentes jogadas de Catherine Keener e Page. Como a vítima cujo destino inimaginável é mostrado em todo seu horror, a página dá uma performance de profundidade e sensibilidade.


Juno


Juno

O filme que ainda mais se associa à Page tornou-se um cálice envenenado para a actriz. Para o mais nítido que seja a sua performance, também é um pouco prejudicado por um script que é um pouco satisfeito por si mesmo, e conseguiu a actriz por um tempo. Mas ela merecidamente pegou uma indicação ao Oscar e estava à vontade para ancorar a comédia apesar de um elenco que estava cheio de artistas mais experientes.

Whip It


Whip

Ninguém realmente esperava muito de um filme sobre o derby de roteiros dirigido por Drew Barrymore , mas este era um conto surpreendentemente eficaz e esperto da vinda de idade com percepção inteligente e humor caloroso. Barrymore encontrou seu centro ideal para o filme com Page, que deu a vantagem necessária para o seu rebelde lutador lutando para encontrar seu lugar na pequena cidade da América.














Ellen Philpotts-Page (Halifax, 21 de fevereiro de 1987), conhecida profissionalmente como Ellen Page, é uma actriz, directora e produtora executiva canadiana. Page recebeu uma indicação ao Globo de Ouro e ao Oscar de melhor actriz pelo seu papel como personagem-título do filme Juno.










Também é conhecida por seus papéis em Hard Candy (br: Menina Má.com), Smart People (br: Vivendo e Aprendendo), Whip It (br: Garota Fantástica), como a mutante Kitty Pryde em X-Men: The Last Stand (br: X-Men: O Confronto Final) e X-Men: Days of Future Past (br: X-Men: Dias de um Futuro Esquecido) e Ariadne, em Inception (A Origem). Ellen também recebeu atenção em sua terra natal, o Canadá, por seus premiados papéis em Pit Pony (br: O Pequeno Pônei) e Marion Bridge (br: A Ponte de Marion), bem como pelas séries Trailer Park Boys e ReGenesis.



Ellen Page and Drew Barrymore for Marie Claire, October 2009






ellen pagekristen wiigwhip itroller derby



Page nasceu em Halifax, Nova Escócia, Canadá, filha de Martha Philpotts, uma professora, e Dennis Page, um designer gráfico . Ela frequentou a Halifax Grammar School, passou algum tempo no Queen Elizabeth High School, se formou pela Shambhala School, em 2005. Ellen também passou dois anos em Toronto, Ontário estudando no Interact Program na Vaughan Road Academy, juntamente com o amigo e colega actor canadiano, Mark Rendall.









Ellen Page, Halle Berry, Shawn Ashmore









Page reside actualmente na cidade de Los Angeles, nos EUA, com a sua namorada, a artista plástica Samantha Thomas. Elas têm um cachorro chamado Patters . Ellen é sonâmbula. Em 2008, foi uma das 30 celebridades que participou de uma série de anúncios online para U.S. Campaign for Burma, pedindo o fim da ditadura militar na Birmânia. Ela se descreve como uma feminista. No outono de 2008, participou de projectos de permacultura no Lost Valley Educational Center





Actress Ellen Page Shares a ‘Love Letter’ to Her Friend Peaches



Drew Barrymore on Ellen Page

Ellen Page and Jesse Eisenberg 



Page começou a actuar aos quatro anos, aparecendo em várias peças escolares. O primeiro trabalho em frente às cameras, foi em 1997 quando seu interesse pelo cinema começou aos dez anos de idade, quando foi seleccionada para o papel no filme para televisão Pit Pony (br: O Pequeno Pónei), da CBC que mais tarde se transformaria numa série de TV e daria a Ellen o papel principal. Graças ao sucesso da série, em 2000, Ellen foi indicada ao Young Artist Awards, na categoria de melhor desempenho em série dramática de TV e melhor actriz juvenil. Também foi indicada ao Gemini Awards, na categoria de melhor desempenho de criança ou adolescente em série. Essas indicações e o sucesso da série Pit Pony marcaram o começo da carreira de Page.













Isso a levou a mais papéis em séries e a pequenos filmes canadenses, nomeadamente interpretou Treena Lahey na segunda temporada de Trailer Park Boys o que lhe rendeu mais uma indicação ao Gemini Awards, desta vez, na categoria Melhor Elenco. Nos anos seguintes, Ellen continuou actuando em pequenas séries e pequenos filmes como Homeless to Harvard: The Liz Murray Story e Mrs. Ashboro’s Cat, além de outros, que como esses, não foram lançados no Brasil.













Ellen pratica basquetebol, futebol, atletismo, ciclismo, snowboarding e natação, ela ganhou o apelido de "The Tiny Canadian" (A Pequena Canadiana) de suas colegas de quarto em Nova York. Entre seus filmes favoritos estão Les quatre cents coups (Os Incompreendidos), My Summer of Love (br: Meu Amor de Verão), Thank You for Smoking(br: Obrigado Por Fumar), suas actrizes favoritas são Kate Winslet, Catherine Keener, Samantha Morton, Laura Linney e Emily Blunt.











Ellen Page kisses dancer Emma Portner







No dia 14 de fevereiro de 2014, na conferência Time to Thrive, Ellen assumiu ser homossexual. Em frente a jovem plateia LGBT no Hotel e Cassino Bally’s, em Las Vegas, Ellen disse as frases: "Estou cansada de esconder, e estou cansada de mentir por omissão.", "Estou aqui hoje porque sou gay, e porque talvez eu possa fazer a diferença." e "Eu sofri durante anos, porque estava com medo de sair [do armário]. Meu espírito sofreu, minha saúde mental sofreu, meus relacionamentos sofreram. E eu estou aqui hoje, com todos vocês, no outro lado da dor. Actualmente namora a dançarina Emma Portner.













1997 Pit Pony br: O Pequeno Pônei Maggie MacLean (para a TV)

2002 Marion Bridge br: A Ponte de Marion Joanie
The Wet Season Jocelyn
2003 Mrs. Ashboro's Cat Natalie Merritt (para a TV)
Touch & Go Trish
Homeless to Harvard: The Liz Murray Story Lisa (jovem) - para a TV
Going for Broke Jennifer (para a TV)
Love That Boy Suzanna
2004 I Downloaded a Ghost Stella Blackstone (para a TV)
Wilby Wonderful Emily Anderson
2005 Hard Candy br: Menina Má.com Hayley Stark
Mouth to Mouth Sherry
2006 X-Men: The Last Stand br: X-Men: O Confronto Final Kitty Pryde
2007 An American Crime br: Um Crime Americano Sylvia Likens
The Tracey Fragments br: Os Fragmentos de Tracey Tracey Berkowitz
Juno Juno MacGuff
The Stone Angel br: O Anjo de Pedra Arlene
2008 Smart People br: Vivendo e Aprendendo Vanessa Wetherhold
2009 Whip It br: Garota Fantástica Bliss Cavendar
2010 Peacock br: Face Oculta Maggie
Inception br: A Origem Ariadne
Super Libby/Boltie
2011 Tilda Caroyln (para a TV)
Freeheld Stacie Andree
2012 To Rome, with love br: Para Roma, com amor Monica
2013 Touchy Feely Jenny
The East br: O Sistema Izzy
2014 X-Men: Days of Future Past br: X-Men: Dias de um Futuro Esquecido Kitty Pryde
2015 Into The Forest br: No Escuro da Floresta Nelly
2016 Tallulah Lu



Ellen Page at Sundance 2013

Alia Shawkat and Ellen Page


Juno


Ellen Page









Textos e imagens da internet

Sem comentários:

Enviar um comentário